Imprensa

My first title

My first text.

My second title

My second text.

    JORNAL DE NOTÍCIAS | 21/12/2011 

     

Ver fonte

jornal_noticiasTransportes/Porto: Clientes da linha 207 da STCP com acesso gratuito à internet e televisão digital

Porto, 21 dez (Lusa) -- Os clientes da linha 207 (Campanhã/Mercado da Foz) da STCP vão aceder gratuitamente à internet e televisão digital a partir de quinta-feira, foi hoje anunciado.

Em comunicado, a Sociedade de Transportes Coletivos do Porto (STCP) afirma que este serviço será oferecido experimentalmente durante seis meses, sendo que "a arquitetura de comunicações desenvolvida está preparada para ser alargada a metros e táxis", permitindo, assim, que os passageiros usem o serviço de forma contínua durante uma viagem que inclua inter-modalidade.

O projeto experimental, designado SITMe, "tem como base um equipamento desenvolvido por um consórcio entre a Xarevision, o INESC Tecnologia e Ciência e a Universidade do Porto", salienta a STCP.

   RTP ONLINE | 21/12/2011 

     

Ver fonte

rtp_noticiasCLIENTES DA LINHA 207 DA STCP COM ACESSO GRATUITO À INTERNET E TELEVISÃO DIGITAL

Os clientes da linha 207 (Campanhã/Mercado da Foz) da STCP vão aceder gratuitamente à internet e televisão digital a partir de quinta-feira, foi hoje anunciado.

Em comunicado, a Sociedade de Transportes Coletivos do Porto (STCP) afirma que este serviço será oferecido experimentalmente durante seis meses, sendo que "a arquitetura de comunicações desenvolvida está preparada para ser alargada a metros e táxis", permitindo, assim, que os passageiros usem o serviço de forma contínua durante uma viagem que inclua intermodalidade.

O projeto experimental, designado SITMe, "tem como base um equipamento desenvolvido por um consórcio entre a Xarevision, o INESC Tecnologia e Ciência e a Universidade do Porto", salienta a STCP.

O SITMe estará disponível a partir de quinta-feira em 11 autocarros da linha 207 "garantindo continuidade do serviço e largura de banda máxima ao longo do percurso".

O sistema, adianta ainda a STCP, "pode ainda ser usado pelos operadores de transportes na implementação de serviços tais como videovigilância ou serviços de apoio ao condutor do veículo, contribuindo assim para a gestão mais segura e eficiente da rede de transportes públicos".

Este projeto foi cofinanciado pelo QREN e tem como objetivo "a criação de um produto e modelo de negócio inovadores, com capacidade exportadora, orientados ao mercado dos transportes metropolitanos".

Os conteúdos noticiosos apresentados neste serviço ao longo do dia serão fornecidos pelo Porto Canal e Semanário Grande Porto.

   SIC NOTÍCIAS ONLINE | 21/12/2011 

     

Ver fonte

sic_noticiasTransportes/Porto: Clientes da linha 207 da STCP com acesso gratuito à internet e televisão digital

Porto, 21 dez (Lusa) -- Os clientes da linha 207 (Campanhã/Mercado da Foz) da STCP vão aceder gratuitamente à internet e televisão digital a partir de quinta-feira, foi hoje anunciado. (…)

   EXPRESSO ONLINE | 21/12/2011 

     

Ver fonte

expressoTransportes/Porto: Clientes da linha 207 da STCP com acesso gratuito à internet e televisão digital

Porto, 21 dez (Lusa) -- Os clientes da linha 207 (Campanhã/Mercado da Foz) da STCP vão aceder gratuitamente à internet e televisão digital a partir de quinta-feira, foi hoje anunciado. (…)

   PORTO CANAL ONLINE | 21/12/2011 

     

Ver fonte

porto_canalClientes da linha 207 da STCP com acesso gratuito à internet e televisão digital

Porto, 21 dez (Lusa) -- Os clientes da linha 207 (Campanhã/Mercado da Foz) da STCP vão aceder gratuitamente à internet e televisão digital a partir de quinta-feira, foi hoje anunciado. (…)

   PORTO24 | 21/12/2011 

     

Ver fonte

porto_24Acesso gratuito à internet e televisão digital na linha 207

Os clientes da linha 207 (Campanhã/Mercado da Foz) da STCP vão aceder gratuitamente à Internet e televisão digital a partir de quinta-feira, anunciou esta quarta-feira a Sociedade de Transportes Colectivos do Porto.

Em comunicado, a STCP afirma que este serviço será oferecido experimentalmente durante 6 meses, sendo que “a arquitectura de comunicações desenvolvida está preparada para ser alargada a metros e táxis”, permitindo, assim, que os passageiros usem o serviço de forma contínua durante uma viagem que inclua intermodalidade.

O projecto experimental, designado SITMe, “tem como base um equipamento desenvolvido por um consórcio entre a Xarevision, o INESC Tecnologia e Ciência e a Universidade do Porto”, salienta a STCP.

O SITMe estará disponível a partir de quinta-feira em 11 autocarros da linha 207 “garantindo continuidade do serviço e largura de banda máxima ao longo do percurso”.

O sistema, adianta ainda a STCP, “pode ainda ser usado pelos operadores de transportes na implementação de serviços tais como videovigilância ou serviços de apoio ao condutor do veículo, contribuindo assim para a gestão mais segura e eficiente da rede de transportes públicos”.

Este projecto foi co-financiado pelo QREN e tem como objectivo ”a criação de um produto e modelo de negócio inovadores, com capacidade exportadora, orientados ao mercado dos transportes metropolitanos”.

Os conteúdos noticiosos apresentados neste serviço ao longo do dia serão fornecidos pelo Porto Canal e semanário “Grande Porto”

   VISÃO ONLINE | 21/12/2011 

     

Ver fonte

visaoTransportes/Porto: Clientes da linha 207 da STCP com acesso gratuito à internet e televisão digital

Porto, 21 dez (Lusa) -- Os clientes da linha 207 (Campanhã/Mercado da Foz) da STCP vão aceder gratuitamente à internet e televisão digital a partir de quinta-feira, foi hoje anunciado. (…)

   PORTAL TRANSPORTES XXI | 21/12/2011 

     

Ver fonte

transportes_21Clientes STCP com TV digital e internet grátis na linha 207

Os clientes da linha 207 da STCP vão poder aceder gratuitamente à Internet de banda larga e televisão digital. O projecto experimental nasce de um consórcio entre a Xarevision, o INESC TEC e a Universidade do Porto. O arranque da iniciativa é amanhã,  dia 22 de Dezembro, pelas 15h00, no INESC TEC (Campus da FEUP), que inclui uma visita guiada a um autocarro da STCP para dar a conhecer a tecnologia inovadora neste novo serviço oferecido experimentalmente aos clientes da STCP.

No próximo dia 22 de Dezembro arranca um piloto experimental de Internet e televisão geo-referenciada a bordo em 11 autocarros da linha 207 da STCP. O projecto experimental, designado SITMe, tem como base um equipamento desenvolvido por um consórcio entre a Xarevision, o INESC Tecnologia e Ciência (INESC TEC) e a Universidade do Porto e, ao longo dos próximos seis meses (até Maio de 2012), levará experimentalmente Internet de banda larga e televisão digital a milhares de utilizadores da linha 207 da STCP .

Neste consórcio, o INESC TEC e a Faculdade de Engenharia da Universidade do Porto (FEUP) desenvolveram um equipamento de comunicações para transportes públicos capaz de usar e comutar de forma inteligente e cognitiva entre várias tecnologias de redes sem fios, tais como 3G, Wi-Fi ou WiMax, garantindo continuidade do serviço e largura de banda máxima ao longo do percurso. Este sistema de comunicações pode ainda ser usado pelos operadores de transportes na implementação de serviços tais como videovigilância ou serviços de apoio ao condutor do veículo, contribuindo assim para a gestão mais segura e eficiente da rede de transportes públicos.

A arquitectura de comunicações desenvolvida está preparada para ser alargada a metros e táxis, permitindo que os passageiros usem o serviço de forma contínua durante uma viagem que inclua diferentes tipos de transporte, adequando-se portanto a cenários de intermodalidade.

A Faculdade de Economia da Universidade do Porto tem vindo a fazer estudos para aferir o potencial de mercado e de comercialização dos sistemas desenvolvidos, dos quais resultará um modelo de negócio que viabilize e assegure a boa recepção pelo mercado.

A Xarevison, líder do consórcio, desenvolveu neste projecto um sistema de gestão dinâmica e autónoma de conteúdos de informação, entretenimento e publicitários, geo referenciados, que contribuem para a redução percentual do tempo de viagem, aportando ainda valor acrescentado ao passageiro pela apresentação de informação actualizada em tempo real das últimas notícias locais e do mundo.

O projecto, co-financiado pelo QREN no âmbito do Programa Operacional Regional do Norte (PO Norte) através do Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional (FEDER), tem como objectivo a criação de um produto e modelo de negócio inovadores, com capacidade exportadora, orientados ao mercado dos transportes metropolitanos. A par com a melhoria da qualidade do serviço prestado aos passageiros, o projecto introduz uma série de inovações tecnológicas tanto ao nível das comunicações como do sistema de entretenimento embarcado.

Até ao momento, associaram-se ainda ao projecto a Porto Digital e a ONI Communications que suportarão as comunicações, e o Porto Canal e Semanário Grande Porto, parceiros media que fornecerão os conteúdos noticiosos ao longo do dia.

   JORNAL PÚBLICO | 22/12/2011 

    

publicoClientes da linha 207 da STCP têm acesso gratuito à Internet e TV digital a partir de hoje

Projecto SITme é co-financiado pelo QREN e resulta de uma parceria entre STCP, Xarevision, INESC-TEC, FEUP, Porto Canal e Grande Porto

Os utentes da linha 207 (Campanhã/Mercado da Foz) da STCP vão poder aceder, a partir de hoje, à Internet e à televisão digital de forma gratuita durante as viagens. 

Em comunicado, a Sociedade de Transportes Colectivos do Porto (STCP) informou que, durante os próximos seis meses, este projecto, designado SITme, "levará experimentalmente Internet de banda larga e televisão digital a milhares de utilizadores da linha".  Este serviço, disponível em 11 autocarros, vai contribuir para a "redução perceptual do tempo de viagem, aportando ainda valor acrescentado ao passageiro pela apresentação de informação actualizada em tempo real das últimas notícias locais e do mundo", salienta a Sociedade de Transportes Colectivos do Porto.

A empresa adianta ainda que a iniciativa está preparada para ser alargada ao metro e a táxis, "permitindo que os passageiros usem o serviço de forma contínua durante uma viagem que inclua diferentes tipos de transporte, adequando-se a cenários de intermodalidade". 

Este projecto, co-financiado pelo Quadro de Referência Estratégico nacional no âmbito do Programa Operacional Regional do Norte (ON.2), resulta de uma parceria entre a empresa Xarevision, responsável pelo sistema de gestão de conteúdos, com o laboratório INESC-TEC e a Faculdade de Engenharia da Universidade do Porto (FEUP). Este equipamento de comunicações para transportes públicos é "capaz de usar e comutar de forma inteligente e cognitiva entre várias tecnologias de redes sem fios, tais como 3G, Wi-Fi ou WiMax", acrescenta a STCP.

Associados a esta iniciativa estão também o canal de televisão por cabo Porto Canal e o semanário Grande Porto, que serão os órgãos de comunicação responsáveis pelos vários conteúdos noticiosos transmitidos ao longo do dia.

No mesmo comunicado, a STCP salientou que o SITme, "a par com a melhoria da qualidade do serviço prestado aos passageiros, introduz uma série de inovações tecnológicas, tanto ao nível das comunicações como do sistema de entretenimento embarcado".

A pensar na exportação

A Faculdade de Economia da Universidade do Porto realizou estudos para apurar o potencial de mercado e de comercialização destes sistemas de comunicação desenvolvidos. O objectivo será a criação de um "produto e modelo de negócio inovadores, com capacidade exportadora, orientados para o mercado dos transportes metropolitanos" refere a STCP.

   TVI24 ONLINE | 22/12/2011 

     

Ver fonte

tvi24PORTO: PROJECTO PILOTO TESTA INTERNET EM AUTOCARROS

Por enquanto está apenas disponível na carreira 207

O Instituto de Engenharia de Sistemas e Computadores do Porto (INESC Porto) apresentou hoje um projecto que pretende integrar diversas tecnologias de acesso à Internet para aplicar nos transportes públicos.

De acordo com a Lusa, chama-se SITMe e está, por enquanto, disponível apenas na carreira 207 da STCP, que liga Campanhã ao Mercado da Foz, aproveitando assim a grande frequência de estudantes universitários, a «população alvo» do projecto, segundo o coordenador Sílvio Macedo, da Xarevision.

A ideia está agora a arrancar em fase piloto, que deverá prolongar-se por seis meses, sendo que a Sociedade de Transportes Colectivos do Porto (STCP) está, por enquanto, apenas «a servir de cobaia», nas palavras de Fernanda Meneses, representante da empresa de transportes.

Colaborador do projecto enquanto representante da ONI Communications, Eduardo Sampaio testa o sistema no seu smart-phone pessoal dentro do autocarro que servirá para a experiência de meio ano, enquanto garante à Agência Lusa que «o acesso é imediato e tão bom como se estivesse em casa com uma ligação de maior débito.»

«Consigo acesso em tempo real à Internet ou informações de vídeo relativas aos transportes de uma forma perfeitamente facilitada e sem a necessidade de me ligar ou desligar cada vez que entro ou saio do autocarro», disse à Lusa.

O acesso ininterrupto à Internet é possível graças à conjugação de três tecnologias, «o 3G, o Wimax e o Wi-fi, conciliadas» para que mesmo entre paragens e estações o sistema continue operacional, explica Nuno Salta, envolvido no projecto através do doutoramento que está a realizar no INESC Porto.

Segundo o estudante «o 3G permite velocidades que dependem apenas da capacidade da operadora ou do aparelho utilizado para aceder à Internet», pelo que «a ligação pode atingir débitos entre os 20 e os 40 megabits por segundo».

Sílvio Macedo advertiu, contudo, que «a STCP, neste projecto, é apenas um anfitrião, não é um cliente.»

Para o representante da Xarevision, empresa que elaborou o projecto em consórcio com o INESC Porto e a Universidade do Porto (UP), «o objectivo não é criar um piloto que daqui a seis meses ou um ano possa ser utilizado pela STCP para expandir a toda a rede.»

A meta será mesmo «levar o projecto a feiras internacionais na área dos transportes», até porque, para Sílvio Macedo, ficar por Portugal «do ponto de vista da viabilidade económica», traria «grandes dificuldades.»

O projecto SITMe foi financiado pelo ministério da Economia, o QREN e o FEDER, no âmbito do que Sílvio Macedo considera «um realismo sobre as condições deste momento em Portugal para grandes investimentos».

   IONLINE | 22/12/2011 

     

Ver fonte

ionlineSTCP é "cobaia" de projecto de tv digital e internet gratuita em autocarros

O Instituto de Engenharia de Sistemas e Computadores (INESC) do Porto apresentou hoje um projeto que pretende integrar diversas tecnologias de acesso à internet para aplicar nos transportes públicos.

Chama-se SITMe e está, por enquanto, disponível apenas na carreira 207 da STCP, que liga Campanhã ao Mercado da Foz, aproveitando assim a grande frequência de estudantes universitários, a "população alvo" do projeto, segundo o coordenador Sílvio Macedo, da Xarevision.

O projeto incluirá ainda televisão digital, cujos conteúdos serão fornecidos pelo Porto Canal e pelo semanário Grande Porto, que elaborará os títulos que poderão ser vistos nos ecrãs instalados nos autocarros.

O Porto Canal fornecerá maioritariamente notícias sobre temas de "proximidade", mas destacará também trabalhos de caráter nacional e internacional, podendo os seus conteúdos ser vistos nos dois períodos de maior frequência de passageiros da linha: entre as 07.00 e as 10:00 e entre as 17:00 e as 20:00.

A ideia está agora a arrancar em fase piloto, que deverá prolongar-se por seis meses, sendo que a Sociedade de Transportes Colectivos do Porto (STCP) está, por enquanto, apenas "a servir de cobaia", nas palavras de Fernanda Meneses, representante da empresa de transportes.

Colaborador do projeto enquanto representante da ONI Communications, Eduardo Sampaio testa o sistema no seu smart-phone pessoal dentro do autocarro que servirá para a experiência de meio ano, enquanto garante à Agência Lusa que "o acesso é imediato e tão bom como se estivesse em casa com uma ligação de maior débito."

"Consigo acesso em tempo real à internet ou informações de vídeo relativas aos transportes de uma forma perfeitamente facilitada e sem a necessidade de me ligar ou desligar cada vez que entro ou saio do autocarro", disse à Lusa.

O acesso ininterrupto à internet é possível graças à conjugação de três tecnologias, "o 3G, o Wimax e o Wi-fi, conciliadas" para que mesmo entre paragens e estações o sistema continue operacional, explica Nuno Salta, envolvido no projeto através do doutoramento que está a realizar no INESC-Porto.

Segundo o estudante "o 3G permite velocidades que dependem apenas da capacidade da operadora ou do aparelho utilizado para aceder à internet", pelo que "a ligação pode atingir débitos entre os 20 e os 40 megabits por segundo".

Sílvio Macedo advertiu, contudo, que "a STCP, neste projeto, é apenas um anfitrião, não é um cliente."

Para o representante da Xarevision, empresa que elaborou o projeto em consórcio com o INESC e a Universidade do Porto (UP), "o objetivo não é criar um piloto que daqui a seis meses ou um ano possa ser utilizado pela STCP para expandir a toda a rede."

A meta será mesmo "levar o projeto a feiras internacionais na área dos transportes", até porque, para Sílvio Macedo, ficar por Portugal "do ponto de vista da viabilidade económica", traria "grandes dificuldades."

O projeto SITMe foi financiado pelo ministério da Economia, o QREN e o FEDER, no âmbito do que Sílvio Macedo considera “um realismo sobre as condições deste momento em Portugal para grandes investimentos”

   PORTAL PPLWARE | 22/12/2011 

     

Ver fonte

pplwareTransportes do Porto com Internet e TV digital grátis!

…a partir de hoje e por um período de 6 meses!

Apesar de alguns transportes já começarem a disponibilizar a Internet para os passageiros, este serviço ainda não é muito explorado e adoptado por todos os meios rodoviários, de forma a facilitarem a realização de tarefas, comuniçação social, entre outras actividades, das pessoas.

Como uma atitude inovadora, os transportes do Porto disponibilizaram hoje, Internet e TV digital, gratuitamente e por um período de 6 meses.

A Sociedade de Transportes Colectivos do Porto, ou STCP, disponibilizou aos passageiros o serviço de Internet e TV Digital, gratuitamente, por um período experimental de 6 meses.

Este serviço está disponível já hoje, dia 22, e abrangerá os clientes de 11 transportes da linha 207 correspondente à Campanhã/Mercado da Foz.

Segundo o comunicado da STCP, o serviço será oferecido experimentalmente por 6 meses, e “a arquitectura de comunicações desenvolvida está preparada para ser alargada a metros e táxis”, o que permite, assim, que os utilizadores dos transportes usufruam do serviço de forma contínua durante uma viagem inter-modalidade.

O projecto, designado SITme, foi acolhido pela STCP e nasceu de um consórcio entre a Xarevision, o INESC TEC e a Universidade do Porto. Esta iniciativa, inaugurada pelas 15h00, numa apresentação pública, no INESC TEC, teve como programa uma visita guiada a um autocarro da STCP já equipado com Internet e TV Digital onde se deu a conhecer a tecnologia inovadora por detrás desde novo serviço que será oferecido até Maio de 2012.

A tecnologia foi desenvolvida pelo INESC TEC e FEUP, e trata-se de um “equipamento de comunicações para transportes públicos capaz de usar e comutar de forma inteligente e cognitiva entre várias tecnologias de redes sem fios, como 3G, wi-fi ou WiMax, garantindo a continuidade do serviço e largura da banda máxima ao longo do percurso. Este sistema de comunicações tem ainda o potencial de vir a ser usado pelos operadores de transportes na implementação de serviços como videovigilância ou serviços de apoio ao condutor do veículo, contribuindo assim para a gestão mais segura e eficiente da rede de transportes públicos

   JORNAL DE NOTÍCIAS | 23/12/2011 

    

jornal_noticiasAUTOCARRO 207 COM TV DIGITAL E INTERNET GRATUITAS

Esta manhã o F.C. Porto treina aberto para os adeptos. Soube? Agora vai saber na linha 207'. Esse é um dos slogans do novo serviço experimental da STCP, o SITMe, que ontem foi apresentado e visa disponibilizar internet e televisão digital gratuita aos passageiros.

O serviço, que nasceu com uma tese de doutoramento, vai estar disponível, durante seis meses, nos 11 autocarros que ligam Campanhã ao Mercado da Foz, no Porto, e servem cerca de 11 mil pessoas por dia. "Vai permitir aos passageiros estarem ligados às notícias da cidade e ao mundo, através da internet sem fios", sintetizou Sílvio Macedo, um dos coordenadores do projecto, financiado por fundos comunitários e elaborado em parceria pela Xarevision e pelo Instituto de Engenharia e Sistema de Computadores do Porto (INESC Porto). 

"Há um défice de comunicação destinada à cidade e uma falta de proximidade ao dia-a-dia das pessoas. Todos os dias, há coisas a acontecer e as pessoas nem sabem", considerou ainda Sílvio Macedo, lançando, assim, a ideia por trás da criação do SITMe: um sistema integrado de informação em tempo real aos passageiros. Através do SITMe, os utentes da linha 207 vão ter acesso a notícias, informações sobre intermodalidade, oportunidades de negócio, agenda cultural e até mensagens da comunidade local. 

"É um serviço muito importante para o cliente e um sinal forte de modernização", considerou a presidente do conselho de administração da STCP, Fernanda Meneses, referindo que o SITMe tem potencial de exportação. Mário Jorge Leitão, do INESC Porto, concordou, convencido de que aí estará a rentabilidade do projecto. 

Para já, o SITMe vai ser testado na linha 207. Mas Sílvio Macedo crê que, no futuro, estará disponível "em todos os transportes da área metropolitana do Porto", como metro e táxis.

   SEMANÁRIO GRANDE PORTO | 23/12/2011 

    

grande_portoGRANDE PORTO PARTICIPA EM PROJECTO MULTIMÉDIA DISPONÍVEL NOS AUTOCARROS

SITMe foi desenvolvido pelo INESC e pela Xarevision e proporciona informação e Internet Wi-Fi a bordo

O semanário GRANDE PORTO faz parte de um projecto piloto que oferece desde ontem aos clientes da linha 207 dos autocarros da STCP Internet e televisão digital durante as viagens. 

O projecto experimental, designado SITMe e que vai ter a duração de seis meses, vai estar presente em 11 autocarros e, através de dois ecrãs instalados nos veículos, vai disponibilizar notícias, informação e entretenimento aos passageiros. A informação sobre a região vai estar a cargo do GRAN- DE PORTO e do Porto Canal. 

O SITMe foi desenvolvido por um consórcio de que fazem parte o INESC Tecnologia e Ciência, a Universidade do Porto, a Xarevision, a STCP e a Elo Ibérica. 

Sílvio Macedo, coordenador do projecto, realçou o pioneirismo do projecto e sublinhou o grande objectivo que é a exportação. "O objectivo do consórcio foi desenvolver um projecto sustentável e atractivo para o mercado e com portencial de exportação", referiu o responsável, acrescentando que o SITMe pode ser aplicado em qualquer rede de transportes metropolitanos do mundo e ser alargado a metros e a táxis. 

O projecto, que foi financiado pelo QREN, vai ser testado em 11 autocarros que fazem o trajecto entre Campanhã e o Mercado da Foz. "Durante este período pretendemos aferir a viabilidade técnico-financeira dos sistemas desenvolvidos e avaliar o potencial de mercado e de comercialização dos sistemas desenvolvidos com o objectivo de transpor a solução para outros operadores de transportes públicos", explicou Sílvio Macedo. 

Até Maio de 2012 a Faculdade de Economia da Universidade do Porto vai elaborar estudos económicos e de mercado que definam o modelo de negócio a aplicar. 

Ao nível técnico, estes seis meses experimentais vão permitir fazer uma avaliação da aplicação no terreno de conceitos inovadores, avaliar a satisfação dos passageiros e estudar a viabilidade da utilização simultânea de redes públicas e privadas para o fornecimento de comunicações de banda larga a autocarros. 

"O que pretendemos é fazer um case study que nos permita apresentar o projecto em feiras nacionais e internacionais com o objectivo da comercialização", explicou o coordenador do projecto. 

Para além da Internet gratuita, o sistema multimédia que vai estar disponível nos 11 veículos vai transmitir notícias locais, agenda cultural local, negócios e oportunidades da região, mensagens da comunidade local, informações úteis, entretenimento, avisos da STCP e informação intermodal em tempo real. Para além disso, o SITMe tem ainda disponível a distribuição de conteúdos geo-referênciados e actualizados em tempo real. Ou seja, à medida que o autocarro vai passando pelas diferentes zonas que compõem o percurso, e em cada uma vai ser veiculada informação relevante para aquela área. "O que queremos é convidar a sociedade a participar. Ter as promoções do cabeleireiro, o prato do dia do restaurante e as actividades da escola à medida que vamos passando pela área onde estão inseridos", explicou Sílvio Macedo.

   EXAME INFORMÁTICA ONLINE | 23/12/2011 

     

Ver fonte

exame_informaticaJÁ HÁ AUTOCARROS DO PORTO QUE DÃO NET A 40 MBPS AOS PASSAGEIROS

Já é possível viajar de autocarro entre a Campanhã e o Mercado da Foz sempre conectado à Net. O acesso à Net disponibilizado nos autocarros da STCP pode atingir velocidades entre 20 e 40 Mbps.

A distribuição de acessos à Net está, por enquanto, restrita aos autocarros que fazem a carreira 207 no Porto.

De acordo com a Lusa, este projeto foi lançado a título experimental com uma duração de seis meses. No projeto participam a o INESC Porto, a SCTP, a ONI, e a empresa especializada na gestão de tecnologias de redes Xarevision.

O projeto, que dá pelo nome de SITme, combina 3G, WiMax e Wi-Fi com o objetivo de manter sempre ativos os acessos à Net dos passageiros dos autocarros em andamento.

Consoante a largura de banda disponibilizada pelas redes móveis em cada ponto da cidade e da sofisticação dos terminais usados pelos passageiros, os acessos à Net podem alcançar velocidades de 20 a 40 Mbps.

Independentemente do do sucesso que este ensaio venha a ter, não há qualquer previsão para expandir o acesso à Net a toda a rede da STCP.

O SITMe beneficiou de apoios financeiros do ministério da Economia, do QREN e do FEDER.

   PORTAL ADE PORTO (AGÊNCIA DE ENERGIA DO PORTO) | JANEIRO 2012

     

Ver fonte

ade_portoSITMe é o nome do projecto que nos próximos seis meses vai circular na linha 207 da STCP

SITMe (Serviços Integrados para Transportes Metropolitanos) é o nome do sistema de Internet e televisão digital desenvolvido por um consórcio liderado pela Xarevision, no qual participaram o INESC TEC e as Faculdades de Engenharia (FEUP) e de Economia (FEP) da Universidade do Porto, para os autocarros da Sociedade de Transportes Coletivos do Porto (STCP). Este sistema já se encontra disponível para os utilizadores na linha 207 (Campanhã/Mercado da Foz) da STCP.

Com uma duração de seis meses, o SITMe vai estar presente em 11 autocarros e, através de dois ecrãs instalados nos veículos, vai disponibilizar notícias, informação e entretenimento aos passageiros. O Semanário Grande Porto e o Porto Canal são os meios responsáveis por disponibilizar informação atualizada sobre a região do Grande Porto.

Múltiplas tecnologias garantem conectividade permanente

Este equipamento de comunicações para transportes públicos é capaz de usar várias tecnologias de redes sem fios tais como 3G, Wi-Fi ou WiMax. O equipamento escolhe de forma inteligente e cognitiva a tecnologia que garanta maior largura de banda (bit/s) em cada ponto do percurso da linha de autocarros, oferecendo uma extensa capacidade de comunicação aos passageiros do autocarro.

A experiência dos utilizadores dos transportes públicos da área metropolitana do Porto sai assim melhorada porque este sistema de comunicações garante um acesso à Internet com largura de banda máxima em todos os pontos do percurso, sendo capaz de atingir débitos na ordem dos 40 Mbit/s. Além dos serviços de Internet e TV Digital para os utilizadores, o SITMe pode ainda vir a ser usado na implementação de serviços de videovigilância ou de serviços de apoio ao condutor do veículo, contribuindo assim para uma gestão mais segura e eficiente da rede de transportes públicos.

Intermodalidade no horizonte do SITMe

A arquitectura de comunicações desenvolvida encontra-se preparada para que no futuro possa incluir metros e táxis, permitindo que os passageiros usem o serviço de forma contínua durante uma viagem que inclua diferentes tipos de transporte.

O projeto SITMe teve início em Setembro de 2009, desde então foi desenhada a arquitectura do sistema actual e desenvolvido todo o software que está neste momento em funcionamento nos autocarros. Com menos de um mês de operação, o piloto conta já com milhares de utilizadores do serviço de acesso à Internet a bordo dos autocarros e com dezenas de GByte de tráfego transferidas.

SITMe é base para novos projetos de redes sem fios

Tânia Calçada, investigadora do INESC TEC envolvida no SITMe, afirma que este projecto abre as portas para novas iniciativas no âmbito das redes sem fios. “Após os seis meses de duração do piloto, o SITMe chegará ao fim. Mas, na área de redes sem fios da Unidade de Telecomunicações e Multimédia do INESC TEC vão continuar os trabalhos de investigação no âmbito das redes de comunicações sem fios vocacionadas para transportes. A experiência e o conhecimento adquiridos durante este projecto deram já origem a novas ideias que serão exploradas em novos projectos de I&D e teses de doutoramento”, salienta.

Financiado pelo QREN, o SITMe recebeu também apoios da ELO – Sistemas de Informação, da ISGUS (ELO Ibérica S.A.), da ONI e da empresa Porto Digital.

Apresentado no passado dia 22 de Dezembro nas instalações do INESC TEC, o SITMe estará disponível durante os próximos seis meses de forma gratuita para os utentes da linha 207 da STCP

   PORTO24 | 18/07/2012 

     

Ver fonte

porto_24Autocarros da STCP com notícias da Porto24

O computador, os smartphones e, agora, os autocarros. Os utentes da linha 207 da STCP – Sociedade de Transportes Colectivos do Porto podem agora estar a par do que se passa na região graças a uma parceria entre a Porto24 e o projecto SITMe.

As notícias da Porto24 – Rede de Informação Local do Grande Porto estão agora presentes nos monitores dos autocarros da linha 207.

Para a Porto24, a parceria é lógica e surge num momento em que este meio de comunicação se sedimenta como uma referência no Grande Porto.

“É mais uma forma de nos aproximarmos da população que vive, estuda ou trabalha no Grande Porto”, explica o director da Porto24, Pedro Rios.

O projecto SITMe tem como base um equipamento desenvolvido por um consórcio entre a Xarevision, o INESC TEC e a Universidade do Porto e leva Internet de banda larga, televisão digital e conteúdos a milhares de utilizadores da linha 207 da STCP.

   MEIOS & PUBLICIDADE | 18/07/2012 

     

Ver fonte

meios_publicidadeAutocarros da STCP com notícias da Porto24

Os autocarros da linha 207 da Sociedade de Transportes Colectivos do Porto (STCP) estão a exibir nos seus monitores as notícias da Porto24 – Rede de Informação Local do Grande Porto. Trata-se de uma parceria entre a Porto24 e o projecto SITMe. “É mais uma forma de nos aproximarmos da população que vive, estuda ou trabalha no Grande Porto”, justifica Pedro Rios, director da Porto24. O projecto SITMe tem como base um equipamento desenvolvido por um consórcio entre a Xarevision, o INESC TEC e a Universidade do Porto e leva internet de banda larga, televisão digital e conteúdos aos utilizadores da linha 207 da STCP

   CORREIO DA MANHÃ | 26/07/2012 

     

Ver fonte

correio_manhaSTCP disponibiliza internet gratuita

Sete mil utentes da Sociedade de Transportes Colectivos do Porto (STCP) já se registaram no sistema que permite acesso gratuito à internet nos autocarros da linha 207, pelo que o serviço experimental vai prolongar-se até Setembro.

A informação foi esta quinta-feira divulgada à Lusa pelo Instituto de Engenharia de Sistemas e Computadores (INESC) do Porto, um dos parceiros do projecto posto em prático desde Dezembro na linha da STCP que liga Campanhã ao Mercado da Foz.

O "serviço experimental", que inclui o acesso a televisão digital gratuita, "deveria terminar em Junho, mas os bons resultados devem garantir um prolongamento até setembro", refere o INESC, em comunicado enviado à Lusa.

"O telemóvel é a tecnologia usada" por 90 por cento dos "sete mil utentes registados no sistema que permite aceder gratuitamente à internet 'wireless' de banda larga" nas viagens dos 11 autocarros que fazem aquele trajecto, adianta o serviço de comunicação daquele instituto.

Nos primeiros seis meses da aplicação do serviço "foram 77 mil as sessões de acesso à Internet iniciadas e o sistema experimental chegou a suportar 50 utilizadores em simultâneo", acrescenta o comunicado.

"Os passageiros da linha 207 da STCP têm ainda acesso a TV Digital gratuita, que disponibiliza notícias nacionais e regionais produzidas pelo Porto Canal e pela rede de informação Porto24, agenda cultural, informação intermodal e mensagens da comunidade local", refere o INESC.

O instituto observa que "a disponibilização de TV Digital gratuita é valorizada por 89,4 por cento dos utentes da STCP, segundo um estudo da PSZ Consulting".

"O mesmo estudo atribui às notícias o papel de conteúdo mais relevante para 90 por cento dos passageiros", afirma o INESC.

O serviço é o resultado do "projeto SITMe - Serviços Integrados para Transportes Metropolitanos)", desenvolvido pela Xarevision, INESC e Universidade do Porto, tendo a STCP oferecido disponibilidade "para os testes do projeto".

O SITMe foi cofinanciado pelo Quadro de Referência Estratégico Nacional (QREN), no âmbito do Programa Operacional Regional do Norte através do Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional (FEDER).

   PORTO CANAL ONLINE | 26/07/2012 

     

Ver fonte

porto_canalPorto: Sete mil utentes da STCP usam acesso gratuito à internet

Porto, 26 jul (Lusa) -- Sete mil utentes da Sociedade de Transportes Coletivos do Porto (STCP) já se registaram no sistema que permite acesso gratuito à internet nos autocarros da linha 207, pelo que o serviço experimental vai prolongar-se até setembro. (…)

   EXAME INFORMÁTICA ONLINE | 26/07/2012 

     

Ver fonte

exame_informaticaInternet: 7 mil pessoas na linha gratuita dos STCP

O serviço experimental de Internet dos transportes STCP já tem 7 mil utilizadores.

Segundo o comunicado de imprensa do INESC Porto, já existem 7 mil utentes registados no serviço de Internet gratuita dos STCP. Este serviço é oferecido na linha 207, em 11 autocarros que ligam Campanhã ao Mercado da Foz.

O serviço experimental também inclui TV Digital, com notícias do Porto Canal, da rede de informação Porto24 e agenda cultural.

Este serviço resulta dos projetos SITMe, desenvolvido pela Xarevision, INESC TEC e da Universidade do Porto. Está operacional desde 2011 e será gratuito até setembro de 2012.

Os números da experiência indicam que nos primeiros seis meses do projeto houve 77 mil sessões de acesso à Internet. Neste momento, o número de utilizadores registados é de 7 mil e o meio privilegiado de acesso à Internet é o telemóvel, meio que representa 90% dos acessos.

   PORTO24 | 26/07/2012 

     

Ver fonte

porto_24Sete mil utentes acedem gratuitamente à Internet na linha 207

Sete mil utentes da STCP já se registaram para ter acesso gratuito à Internet na linha 207, que liga Campanhã ao Mercado da Foz. Como o serviço experimental revela ser um sucesso, a Sociedade de Transportes Colectivos do Porto vai prolongar o projecto, de que a Porto24 é parceira, até Setembro.

Segundo informa o Instituto de Engenharia de Sistemas e Computadores (INESC) do Porto, outro parceiro da iniciativa que arrancou em Dezembro,  o “serviço experimental”, que inclui o acesso a televisão digital gratuita e permite visualizar os títulos e entradas das últimas notícias publicadas na Porto24, “deveria terminar em Junho, mas os bons resultados devem garantir um prolongamento até Setembro”.

“O telemóvel é a tecnologia usada” por 90% dos “7 mil utentes registados no sistema que permite aceder gratuitamente à internet wireless de banda larga” nas viagens dos 11 autocarros que fazem aquele trajecto.

No primeiro meio ano do serviço, foram iniciadas “77 mil as sessões de acesso à Internet” e “o sistema experimental chegou a suportar 50 utilizadores em simultâneo”.

Para além da Porto24, também o Porto Canal disponibiliza notícias na televisão digital que emite a bordo dos autocarros. Para além de notícias nacionais e regionais, os utentes têm acesso a “agenda cultural, informação intermodal e mensagens da comunidade local”, refere o INESC.

Segundo a informação dada pelo instituto, “a disponibilização de TV Digital gratuita é valorizada por 89,4% dos utentes da STCP, segundo um estudo da PSZ Consulting”.

“O mesmo estudo atribui às notícias o papel de conteúdo mais relevante para 90% dos passageiros”, afirma o INESC.

O serviço é o resultado do “projeto SITMe – Serviços Integrados para Transportes Metropolitanos”, desenvolvido pela Xarevision, INESC e Universidade do Porto, tendo a STCP oferecido disponibilidade “para os testes do projecto”.

O SITMe foi co-financiado pelo Quadro de Referência Estratégico Nacional (QREN), no âmbito do Programa Operacional Regional do Norte através do Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional (FEDER).

   JORNAL PÚBLICO | 27/07/2012 

    

publicoSETE MIL INSCRIÇÕES PARA TER INTERNET NA LINHA 207 DA STCP

Sete mil utentes da Sociedade de Transportes Colectivos do Porto (STCP) já se registaram no sistema que permite acesso gratuito à Internet nos autocarros da linha 207, pelo que o serviço experimental vai prolongar-se até Setembro.

O "serviço", que inclui o acesso a televisão digital gratuita, deveria terminar em Junho, lembrou o Instituto de Engenharia de Sistemas e Computadores do Porto (INESC TEC), um dos parceiros do projecto.”

   PRIMEIRO DE JANEIRO | 27/07/2012 

    

primeiro_janeiroSISTEMA GRATUITO NOS AUTOCARROS DA STCP

Sete mil utentes acedem à internet. Serviço experimental vai prolongar-se até setembro. Passageiros da linha 207 da STCP têm ainda acesso a TV Digital gratuita..

Sete mil utentes da Sociedade de Transportes Coletivos do Porto (STCP) já se registaram no sistema que permite acesso gratuito à internet nos autocarros da linha 207, pelo que o serviço experimental vai prolongar-se até setembro. 

A informação foi ontem divulgada pelo Instituto de Engenharia de Sistemas e Computadores do Porto (INESC TEC), um dos parceiros do projeto posto em prático desde dezembro na linha da STCP que liga Campanhã ao Mercado da Foz. 

O "serviço experimental", que inclui o acesso a televisão digital gratuita, "deveria terminar em junho, mas os bons resultados devem garantir um prolongamento até setembro", refere o INESC, em comunicado. 

"O telemóvel é a tecnologia usada" por 90 por cento dos "sete mil utentes registados no sistema que permite aceder gratuitamente à internet "wireless" de banda larga" nas viagens dos 11 autocarros que fazem aquele trajeto, adianta o serviço de comunicação daquele instituto. 

Nos primeiros seis meses da aplicação do serviço "foram 77 mil as sessões de acesso à Internet iniciadas e o sistema experimental chegou a suportar 50 utilizadores em simultâneo", acrescenta o comunicado. 

"Os passageiros da linha 207 da STCP têm ainda acesso a TV Digital gratuita, que disponibiliza notícias nacionais e regionais produzidas pelo Porto Canal e pela rede de informação Porto24, agenda cultural, informação intermodal e mensagens da comunidade local", refere o INESC TEC. 

O instituto observa que "a disponibilização de TV Digital gratuita é valorizada por 89,4 por cento dos utentes da STCP, segundo um estudo da PSZ Consulting". "O mesmo estudo atribui às notícias o papel de conteúdo mais relevante para 90 por cento dos passageiros", afirma o INESC TEC. 

O serviço é o resultado do projeto SITMe - Serviços Integrados para Transportes Metropolitanos.

JORNAL DE NOTÍCIAS | 08/08/2012 

    

jornal_noticiasSETE MIL JÁ USUFRUEM DE INTERNET DE BORLA QUANDO ANDAM NO 207

São 12 quilómetros sempre online.

Na linha 207 da STCP, que liga Campanhã à Foz, no Porto, o serviço de Internet wireless que funciona desde dezembro tem já sete mil pessoas registadas. Acedem à net gratuitamente, sobretudo através do telemóvel, dizem os responsáveis. "Por semana, cerca de mil pessoas utilizam a Internet", contou Hélder Fontes, do Instituto de Engenharia de Sistemas e Computadores do Porto, um dos parceiros do projeto, em que também participam a Universidade do Porto e a Xarevision. "Em pouco mais de meio ano, alcançamos 77 mil sessões de utilização da rede de banda larga metropolitana", acrescentou.  

Além de Internet gratuita, os passageiros do 207 têm ainda ao dispor um serviço de televisão, com conteúdos do Porto Canal e Porto 24. De acordo com Manuela Ribeiro, do departamento de Marketing da STCP, o projeto experimental termina no próximo mês de setembro.”