Comunicados de Imprensa

My first title

My first text.

My second title

My second text.

   UTENTES STCP COM INTERNET E TV DIGITAL GRÁTIS | Dezembro 2011

    

sitmeAté maio de 2012 os utentes da linha 207 da STCP vão poder aceder gratuitamente à Internet de banda larga e televisão digital. O projeto experimental, acolhido pela STCP S.A., nasceu de um consórcio entre a Xarevision, o INESC TEC e a Universidade do Porto. O arranque da iniciativa vai ser marcado por uma apresentação pública, no próximo dia 22 de dezembro, pelas 15h00, no INESC TEC*, que inclui uma visita guiada a um autocarro da STCP para dar a conhecer a tecnologia inovadora por detrás deste novo serviço oferecido experimentalmente aos utentes da STCP.

No próximo dia 22 de dezembro arranca um piloto experimental de Internet e televisão georreferenciada a bordo em 11 autocarros da linha 207 da STCP. O projeto experimental, designado SITMe, tem como base um equipamento desenvolvido por um consórcio entre a Xarevision, o INESC TEC e a Universidade do Porto e, ao longo dos próximos seis meses, levará experimentalmente Internet de banda larga e televisão digital a milhares de utilizadores da linha 207 da STCP SA., empresa de transportes do Porto que aceitou acolher este piloto.

O projeto, cofinanciado pelo (Quadro de Referência Estratégico Nacional) QREN no âmbito do Programa Operacional Regional do Norte (PO Norte) através do Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional (FEDER), tem como objetivo último a criação de um produto e modelo de negócio inovadores, com capacidade exportadora, orientados ao mercado dos transportes metropolitanos. A par com a melhoria da qualidade do serviço prestado aos passageiros, o projeto introduz uma série de inovações tecnológicas tanto ao nível das comunicações como do sistema de entretenimento embarcado.

Neste consórcio, o INESC Tecnologia e Ciência (INESC TEC) e a Faculdade de Engenharia da Universidade do Porto (FEUP) desenvolveram um equipamento de comunicações para transportes públicos capaz de usar e comutar de forma inteligente e cognitiva entre várias tecnologias de redes sem fios, tais como 3G, Wi-Fi ou WiMax, garantindo continuidade do serviço e largura de banda máxima ao longo do percurso. Este sistema de comunicações tem ainda o potencial de vir a ser usado pelos operadores de transportes na implementação de serviços tais como videovigilância ou serviços de apoio ao condutor do veículo, contribuindo assim para a gestão mais segura e eficiente da rede de transportes públicos.

A arquitetura de comunicações desenvolvida encontra-se preparada para ser alargada a metros e táxis, permitindo que os passageiros usem o serviço de forma contínua durante uma viagem que inclua diferentes tipos de transporte, adequando-se portanto a cenários de intermodalidade.

A Faculdade de Economia da Universidade do Porto (FEP) tem vindo a fazer estudos para aferir o potencial de mercado e de comercialização dos sistemas desenvolvidos, dos quais resultará um modelo de negócio que viabilize e assegure a boa receção pelo mercado.

Finalmente, a Xarevison, líder do consórcio, desenvolveu neste projeto um sistema de gestão dinâmica e autónoma de conteúdos de informação, entretenimento e publicitários, geo referenciados, que contribuem para a redução percetual do tempo de viagem, aportando ainda valor acrescentado ao passageiro pela apresentação de informação atualizada em tempo real das últimas notícias locais e do mundo.

Até ao momento, ao projeto associaram-se ainda a Porto Digital e a ONI Communications que suportarão o grosso das comunicações, e o Porto Canal e Semanário Grande Porto, parceiros media que fornecerão os conteúdos noticiosos ao longo do dia.

   7 MIL UTILIZAM INTERNET GRATUITA DA LINHA 207 | Janeiro 2012 

    

Serviço experimental prolonga-se até setembro.

sitmeSão já 7 mil os utentes registados no sistema que permite aceder gratuitamente a internet wireless de banda larga na linha 207 da STCP. O telemóvel é a tecnologia mais usada para aceder à internet durante as viagens nos 11 autocarros que ligam Campanhã ao Mercado da Foz. O serviço experimental inclui ainda TV Digital com notícias do Porto Canal e da rede de informação Porto24, agenda cultural e outras informações úteis. Este serviço inovador é o resultado do projeto SITMe, desenvolvido pela Xarevision, o INESC TEC e a Universidade do Porto, tendo-se a STCP disponibilizado para os testes do projeto.

Desde dezembro de 2011 os clientes da STCP podem viajar entre Campanhã e o Mercado da Foz sempre ligados à internet e com acesso a TV digital gratuita. Ao longo dos primeiros seis meses foram 77 mil as sessões de acesso à Internet iniciadas e o sistema experimental chegou a suportar 50 utilizadores em simultâneo. Atualmente, o número de utilizadores registados é de 7 mil e o meio privilegiado de utilização de internet é o telemóvel (que representa 90% dos acessos).

Os passageiros da linha 207 da STCP têm ainda acesso a TV Digital gratuita, que disponibiliza notícias nacionais e regionais produzidas pelo Porto Canal e pela rede de informação Porto24, agenda cultural, informação intermodal e mensagens da comunidade local. A disponibilização de TV Digital gratuita é valorizada por 89,4% dos utentes da STCP, segundo um estudo da PSZ Consulting. O mesmo estudo atribui às notícias o papel de conteúdo mais relevante para 90% dos passageiros.

Este serviço experimental disponibilizado pela STCP deveria terminar em junho, mas os bons resultados devem garantir um prolongamento até setembro.

Estas tecnologias inovadoras foram desenvolvidas por um consórcio entre a Xarevision, o INESC TEC e a Universidade do Porto, no âmbito do projeto SITMe (Serviços Integrados para Transportes Metropolitanos). O projeto SITMe foi cofinanciado pelo Quadro de Referência Estratégico Nacional (QREN) no âmbito do Programa Operacional Regional do Norte (PO Norte) através do Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional (FEDER).